Aline Silva no Espaço dos Campeões do jornal Lance!

Atleta da seleção brasileira falou sobre a importância da preparação para a aposentadoria e sua participação no Programa de Carreira do Atleta (PCA) do COB

Confira o texto na íntegra

Preparando para o futuro

Por Aline Silva

Atleta olímpico ou profissional nem sempre foi considerado uma profissão, algo se buscar ou dedicar em tempo integral. Com a popularidade dos Jogos Olímpicos no decorrer do tempos, passou-se a se valorizar o esporte de alto rendimento, pois todos queriam ter bons resultados na Olimpíada.

Mas vamos pensar um pouco sobre a vida desses indivíduos. Mesmo sabendo que irão viver a carreira de atleta de alta performance por um curto período de tempo, principalmente se comparado a outras profissões, eles estão lá se esforçando para melhorar cada detalhe em busca da perfeição ou o mais próximo disso possível. Mesmo sabendo que futuramente podem se sentir perdidos quando tiverem que parar de competir e não saberem exatamente o que fazer, em especial no campo profissional, pois se aperfeiçoaram em uma atividade que não seria para a vida toda, mergulham de cabeça no sonho da medalha e deixam para pensar no futuro literalmente “depois”.

É importante lembrar que hoje já existem alguns programas que ajudam atletas à se prepararem melhor para essa fase de “aposentadoria”, ou melhor, fase de transição profissional. Atualmente faço parte do Programa de Carreira do Atleta (PCA) do Instituto Olímpico Brasileiro, instituição de ensino do Comitê Olímpico Brasileiro. O programa oferece as ferramentas necessárias para o planejamento e a preparação adequados dos atletas. Atualmente estou na fase de identificar as habilidades que eu adquiri em minha carreira e que irão me ajudar nessa nova fase profissional.

Descobri que aprendi muito com o esporte e que tenho uma diversidade de opções no mercado que nem imaginava. Com o direcionamento correto tenho certeza que posso ser tão eficiente na futura carreira quanto sou hoje como atleta. Essa confiança e estrutura são fundamentais para que os talentos não se percam e o atleta tenha condições de se recolocar no mercado. Sigo trabalhando forte rumo à Tóquio-2020, porém mais tranquila pois paralelamente estou me preparando bem para o meu futuro, seja ele dentro ou fora do esporte.

Aline Silva é atleta da seleção brasileira de wrestling e vice-campeã mundial, melhor resultado do país na modalidade